Sobre

Sobre o REALIZADOR: Bailado Gaúcho - Folclore, Arte e Danças

Em 20 de setembro de 1992, surgiu o Bailado Gaúcho – Folclore, Arte e Danças, com a proposta de pesquisar, interpretar e divulgar o folclore brasileiro em seus mais variados aspectos e nuances, traduzindo a multiplicidade cultural de um país formado por diferentes etnias, ritmos e cores. Através de intercâmbios culturais com entidades organizadoras de Festivais de Folclore no mundo inteiro, leva a cultura brasileira a outros países e recebe em Nova Prata representantes de diversas nações.

O grupo teve destacadas participações em eventos e Festivais Internacionais de Folclore no Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Itália, Chile, México e Rússia (durante as comemorações dos 850 anos de Moscou). Entidade com caráter cultural e social, sem fins lucrativos, desde sua criação tem promovido e participado de inúmeros eventos em âmbito municipal, estadual e internacional, sempre honrando e projetando positivamente o nome de Nova Prata, o que lhe rendeu a Declaração de Utilidade Pública através do Decreto Executivo Municipal nº 2.918, de 09 de setembro de 2002.

É o idealizador e realizador de vários eventos em sua cidade, especialmente o “Festival Internacional de Folclore de Nova Prata”, que, em suas edições, recebeu mais de setenta delegações estrangeiras e muitas personalidades do meio cultural. Isso muito contribui para o sucesso e credibilidade do Festival, gerando reflexos na cultura local pelo estímulo à arte a partir do contato direto com os artistas famosos e formadores de opinião.

Além disso, representantes diplomáticos e consulares da China, do Japão, de Taiwan, Gana, Alemanha, Portugal, Espanha e outros importantes países já estiveram acompanhando seus grupos conterrâneos, elogiando muito a organização do evento e contribuindo, assim, para bem divulgar a imagem de Nova Prata, do Rio Grande do Sul e do Brasil.

Sobre o EVENTO

O Festival Internacional de Folclore de Nova Prata proporciona aos habitantes locais e aos visitantes não só o contato com a cultura de outros países; permite, também, a valorização da cultura local e a participação de toda a comunidade - só em termos de voluntariado envolve mais de trezentas pessoas; cria espaços diversificados de apropriação cultural, através das oficinas de arte e convenções, espaços nos quais a comunidade local pode aprender com oficineiros e palestrantes questões importantes sobre cultura. Há que se destacar também a importância da Feira de Artesanato, onde as pessoas têm contato com trabalhos locais, regionais, nacionais e internacionais, seja em artesanato, livros ou músicas. Desde 2002, o Festival Internacional de Folclore passou a representar, para Nova Prata, a oportunidade de resgatar o seu próprio passado, num importante trabalho desenvolvido em diferentes aspectos: seja homenageando, a cada ano, um pratense que tenha contribuído com seu talento artístico, esforço e espírito comunitário para a cultura em nosso Município, seja abordando, a cada edição, uma temática diferente, baseada em fatos históricos de Nova Prata e do Rio Grande do Sul. Essa temática norteia a cenografia e a publicidade do evento, além de ser amplamente apresentada e debatida em escolas e na imprensa. No ano de 2017, em reconhecimento a sua importância e relevância no cenário artístico e cultural, o Festival Internacional de Folclore de Nova Prata tornou-se Patrimônio Cultural e Imaterial do Rio Grande do Sul, além de integrar o Calendário Oficial de Eventos do estado.

Sobre o TEMA: Gente da Terra

Eles vivem junto à terra, aos rios, às pedreiras. Conhecem a agricultura e a natureza, observando o vento, as nuvens, a lua e as estrelas. Deitam seu suor sobre a terra, golpeando-a com rústicas ferramentas, e suas mãos enrijecidas e calejadas conseguem encontrar habilidade para trançar palha e couro, modelar barro, pedra e madeira.

Alheios ao mundo agitado, eles ainda não incorporaram às suas vidas a globalização e os avanços da modernidade. Carregam costumes e sotaques de seus antepassados; são descendentes tanto daqueles que vislumbraram no Brasil uma terra de oportunidades quanto daqueles que viajaram acorrentados para o Novo Mundo.

Em sua formação, aprenderam valores fundamentais como família, religiosidade e trabalho. Sua simplicidade só não é maior do que sua importância para a sociedade, que deles recebe o essencial para sobreviver e progredir.

De 19 a 23 de Setembro de 2018, o Festival Internacional de Folclore de Nova Prata, em sua 14ª edição, reabrirá suas cortinas em homenagem ao povo simples do campo e da colônia. Heróis anônimos que produzem nosso sustento e constituem o elo com as raízes de todos nós, nesta terra de acolhimento para a diversidade étnica e cultural.

Países já confirmados

  • Brasil
  • Alemanha
  • Argentina
  • Chile
  • Colômbia
  • Equador
  • Lituânia
  • Panamá
  • Peru
  • Polônia
  • República Tcheca
  • Uruguai

Patrocinadores